Os agricultores familiares de Gurupi serão beneficiados com sementes de arroz, milho e feijão, recebidas pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, por meio do programa Mesa Farta, do Governo do Estado do Tocantins. As sementes de Gurupi foram entregues na tarde desta quarta-feira (10), em Palmas.

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico e Meio Ambiente, Pedro Dias, o programa Mesa Farta é realizado pela Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), em parceria com o Instituto Rural do Tocantins (Ruraltins) e as 139 prefeituras do Tocantins. De acordo com Pedro Dias, Gurupi recebeu 2.200 kg de sementes.

O programa foi anunciado na última segunda-feira (08), e nesta quinta-feira (11), as sementes já foram descarregadas em Gurupi e a expectativa é que os produtos já comecem a ser distribuídos aos agricultores familiares nesta sexta-feira (12).

“O programa é exclusivo para agricultores familiares. A nossa intenção é beneficiar o maior número possível de agricultores e a expectativa é atingirmos entre 150 a 200 famílias no município. A distribuição dentro do município será de acordo com as demandas de cada agricultor”, disse Pedro Dias.

Ainda segundo o secretário, a agricultura familiar de Gurupi será beneficiada com sementes de alta qualidade e sem custos para os pequenos produtores. “São produtos de alta linhagem, altamente produtivos, tratados e embalados adequadamente, o que é muito bom pois a semente hoje, principalmente do milho, é muito cara, principalmente após a pandemia, e não tem sementes suficientes para atender a demanda. Para comprar essas sementes, muitos agricultores teriam dificuldade”, pontuou.

Pedro Dias acrescentou ainda que as sementes chegam em boa hora e reforçou que a Prefeitura, por meio da secretaria, tem dado todo o suporte para proporcionar resultados positivos na produção da agricultura familiar. “A época está apropriada para o plantio, devido às chuvas, e já estamos adiantados com os trabalhos de preparo de solo, transporte, distribuição de calcário, tudo está sendo feito na hora certa para os agricultores terem bons resultados”, destacou. (Da assessoria de imprensa)