O vereador Marilon Barbosa (DEM), usou a tribuna na Câmara Municipal de Palmas nesta quarta-feira (17/11), para criticar a falta de um hospital municipal na capital e acusar a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) de desviar as emendas destinadas pelos parlamentares para cobrir rombos nas contas da saúde.

Marilon defendeu o novo modelo de funcionamento que fora adotado pelo Hospital Geral de Palmas (HGP), e explicou seu posicionamento. “A decisão do secretário de saúde de querer fazer um tratamento com muitos pacientes que estão nos corredores, com doenças graves e as vezes morrendo por que não tem como fazer o atendimento devido a falta de médicos, equipamentos e profissionais. O pior de tudo isso é que a prefeitura ainda não construiu um hospital municipal”, disse.

O vereador foi categórico ao afirmar que as emendas destinadas pelos vereadores estão sendo desviadas pela prefeita e que as obras não estão sendo executadas. “A prefeita Cinthia Ribeiro, se ela pensasse na boa saúde do cidadão que acreditou nela e a reelegeu por mais quatro anos, que ela construísse um hospital, que ela não assaltasse as emendas dos vereadores para colocar na saúde e tampar o rombo, as emendas destinadas para a construção de obras, como as que destinei para 1105, para a construção da praça. Destinei por quatro vezes, mas nunca foi feita”, acusou.

No fim de seu pronunciamento, o democrata ainda acusou a prefeita de lavagem de dinheiro, mas não apresentou nenhum documento que comprovasse suas alegações. “Nós não estamos aqui para brincar de gestão, estamos aqui para fazer o melhor por esse estado, o melhor por esse município, e não posso deixar de falar que a prefeita Cinthia Ribeiro sempre fraudou as emendas desses vereadores, as colocando na saúde, elegendo cinco institutos para fazer uma lavagem”, concluiu.