O mergulhador livre tcheco, David Vencl, quebrou o recorde mundial de nado no gelo após se deslocar por 81 metros submergido em um lago congelado usando apenas uma sunga dentro da água gelada.

“Isso vai servir”, disse Vencl após emergir de seu minuto e meio de natação, na água medida em temperaturas de 3 graus Celsius, e levantar o punho em comemoração.

O homem de 38 anos realizou o mergulho através de um buraco cortado no gelo, de 30 cm de espessura, em um lago glacial na Áustria, localizado em uma antiga pedreira em Lahost, 100 quilômetros a noroeste de Praga, Capital da República Tcheca.

Devido às restrições da COVID, que dificultavam as viagens internacionais, Vencl não superou este desafio no mesmo local do recordista anterior. Stig Avall Severinsen, da Dinamarca, nadou 250 pés, o equivalente a 76 metros, em outubro de 2017, na Groenlândia.