Mesmo com decreto de lockdown, a Polícia Militar decidiu manter a realização da prova do Concurso para a corporação na cidade de Araguaína.

De acordo com uma nota enviada o comando da corporação deve manter a aplicação das provas mediante a um rígido pacote de medidas de controle contra a proliferação da Covid-19.

Araguaína publicou ontem o novo decreto que endureceu as regras e proibiu o funcionamento das atividades não essenciais na cidade. A lei começa a valer nesta quinta, 3, e segue até o dia 07.

As provas acontecem no próximo domingo, 06 de junho e devem ser aplicadas em 19 cidades do estado e em Brasília.

Os candidatos poderão consultar o próprio local de prova a partir desta terça-feira, 1º de junho, no site do Cebraspe.

O concurso da PM do Tocantins oferece mil vagas para soldados, sendo que 25 delas destinadas ao quadro de músicos, outras 25 para área da saúde, sendo 20 para técnico de enfermagem e cinco para técnico em saúde bucal. O efetivo operacional, portanto, será de 950 novos policiais.

Os salários iniciais, após os cursos de formação, são de R$ 3.330,99 devendo o militar ficar no mínimo 36 meses na graduação. Ao todo, 45.815 candidatos se inscreveram.

Veja a nota na íntegra

NOTA CONCURSO PMTO

01.06.2021

A Polícia Militar do Estado do Tocantins (PMTO) informa que a data do concurso público para os quadros da corporação está mantida para o próximo domingo, dia 06 de junho.

O Comando da PMTO está em contato com as prefeituras dos municípios onde haverá aplicação das provas, especialmente com a Prefeitura de Araguaína, município que decretou o Lockdown entre os dias 3 e 7 de junho, com a finalidade de manter a realização do certame no município sem prejuízo às medidas de controle adotadas contra o Novo Coronavírus.

A PMTO ressalta que o Governo do Estado está envidando todos os esforços para efetivar este importante concurso, esperado desde 2018, quando o último certame foi anulado.

Todas as medidas para evitar a transmissão da Covid-19 foram tomadas para segurança dos candidatos e dos demais envolvidos na aplicação das provas em todos os locais onde haverá prova.

Polícia Militar do Estado do Tocantins

Governo do Tocantins