Uma mulher que tentava engravidar deu à luz quíntuplos nos Estados Unidos após fazer um tratamento de fertilidade, segundo reportagens da imprensa local.

Após três anos tentando ter filhos, Brenda Raymundo, do Texas, deu à luz cinco crianças. O caso é raro e os pequenos precisaram ficar em observação na UTI neonatal por mais de dois meses.

Com uma gravidez de risco, os bebês nasceram prematuros, com sete meses. O menor deles chegando a pesar apenas 1,3kg.

“Eu queria ter filhos, mas não conseguia”, disse Raymundo em entrevista à emissora KDFW. “Quando eu morava no México, cheguei a me consultar com um especialista.”

Ela contou que o médico prescreveu um tratamento com base em remédios, mas que ele havia dito ser “extremamente raro” ter mais do que gêmeos.

Quando se mudou para Dallas, pouco depois, ela descobriu que estava grávida de seis semanas. Quando o médico americano disse para ela eram cinco bebês, ela ficou em choque, lembrou.

“Eu comecei a chorar”, disse a Raymundo. “Eu estava preocupada sobre como iria ser a seguir, se eles iriam nascer prematuros.”

Com o pai das crianças afastado do trabalho, por conta de um acidente, uma amiga de Raymundo resolveu fazer uma campanha online para arrecadar dinheiro para os novos papais.

Se cuidar de um bebê já é caro, cinco são mais ainda. Segundo a nova mãe, os pequenos usam em média 50 fraldas todos os dias. Até o momento, mais de US$ 1.450 foram arrecadados.