O presidente Jair Bolsonaro participou  da inauguração de nova estação de radar de fiscalização em Ponta Porã, no Mato Grosso do Sul. A estação faz parte do SISCEAB (Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro) e deve reforçar fiscalização aérea na fronteira do Brasil com o Paraguai e a Bolívia.

No evento, o chefe do Executivo criticou a condução da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) da Covid no Senado. “Não conseguem nos atingir. Não vai ser com mentiras ou com CPI, integrada por 7 bandidos, que vão nos tirar daqui. Temos uma missão pela frente, conduzir o destino de nossa nação e zelar pelo bem estar e pelo progresso do nosso povo”, disse.

A CPI apura a atuação do governo durante a pandemia da covid-19. O foco atual do colegiado tem sido a negociação de vacinas pelo governo federal. A comissão aprovou nesta 4ª a convocação do líder do Governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), para prestar esclarecimentos sobre sua possível participação na compra da Covaxin, vacina indiana que teve seu contrato suspenso.

Na mira do CPI também estão suspeitas de oferecimento de propina na negociação de imunizantes. O jornal Folha de S.Paulo divulgou na 3ª feira (29.jun) informação de que o ex-diretor de logística do Ministério da Saúde teria negociado propina para a compra de vacinas contra a covid-19.