Após o presidente Jair Bolsonaro afirmar nesta terça-feira (05) que o Brasil está “quebrado” e que ele não consegue “fazer nada”, políticos e internautas reagiram à declaração de Bolsonaro levando hashtag #RenunciaBolsonaro para topo dos assuntos mais comentados do Twitter. A declaração foi feita hoje para apoiadores em frente ao Palácio da Alvorada.

O presidente colocou a culpa na pandemia de Covid-19 e na imprensa, que, segundo ele, teria “potencializado” o coronavírus. A doença já matou mais de 196 mil pessoas no Brasil. Na rede social, políticos da oposição e internautas pediram a retirada do presidente, citando o vídeo.

A deputado federal Talíria Petrone (PSOL-RJ) compartilhou seu questionamento à fala do presidente: “Bolsonaro admitiu hoje que o “Brasil está quebrado” e que não consegue “fazer nada”. Uma fala que destoa do discurso de que a atividade econômica está em plena recuperação. O fato é que ele não é capaz de resolver os problemas do país. A única alternativa é #RenunciaBolsonaro!”, completou.

No PT, Jilmar Tatto, candidato à prefeitura de São Paulo pela sigla em 2020 repudiou, também nas redes sociais, a declaração de Bolsonaro. “Despreparado e incompetente! Renuncia que ainda dá pra salvar dois anos”, declarou o petista.

O vice-presidente do PDT, Ciro Gomes, destacou em uma série de tweets medidas que o presidente Bolsonaro poderia fazer para recuperara a economia. Entre elas, segundo o opositor do presidente, seria a renúncia ao cargo, além de revogar o teto de gastos e ter um plano efetivo de vacinação contra a Covid-19.