As mortes registradas nos últimos dias em Gurupi podem estar relacionadas com a briga entre facções criminosas, segundo o delegado de homicídios da cidade Hélio Domingos. No último sábado (21) Pedro Henrique Nascimento foi morto com vários tiros enquanto participava de uma festa na cidade. Uma jovem de 20 anos estava perto da vítima e foi baleada no braço. (Veja o vídeo)

“O fato é que há na cidade de Gurupi uma disputa entre esses dois grupos rivais. Então, sempre que há uma ação de um grupo, o outro grupo reage e o resultado disso é esse índice crescente de crimes consumados e tentados contra a vida na cidade de Gurupi”, disse o delegado Hélio Domingos.

No sábado, acontecia uma festa num bar, no centro da cidade, quando foi registrado o tiroteio. Testemunhas contaram à polícia que dois homens chegaram em uma motocicleta e fizeram cerca de cinco disparos. Nascimento ainda tentou correr, mas foi atingido e caiu no meio da rua.

A jovem de 20 anos baleada no braço foi socorrida e levada para o Hospital Regional de Gurupi. Ela não corre risco de morte. Ainda conforme a polícia, Nascimento tinha passagens pela polícia por tráfico e roubo.

Outro crime semelhante foi registrado em Gurupi na última sexta-feira (19). Lucas Menezes Costa, de 19 anos, foi morto pouco depois do meio-dia com pelo menos sete tiros na cabeça e nas costas. Ele estava em uma moto e foi perseguido pelos criminosos em um carro. As informações são do G1 Tocantins.