O estado da Califórnia, no oeste dos Estados Unidos, enfrentou  três grandes incêndios florestais na segunda-feira (7). O fogo tem tomado partes da região com o auxílio de uma onda de calor recorde que, de acordo com as previsões, deve se prolongar.

Chá de revelação causou um dos incêndios na Califórnia, dizem bombeiros

No centro do estado, um incêndio obrigou mais de 200 pessoas a se retirarem em emergência durante o fim de semana. Na segunda-feira, ele ainda não estava controlado.

O incêndio continuava crescendo sob “condições climáticas extremas”, devastando quase 79 mil acres de terra, enquanto permanecia investigação sobre a causa, afirmou o Departamento de Proteção contra Incêndios da Califórnia em um comunicado.

Outro incêndio no condado de San Bernardino, sudeste de Los Angeles, estava parcialmente contido nesta segunda-feira. Segundo as autoridades, um dispositivo pirotécnico usado durante uma festa iniciou o fogo. A comemoração era um “chá de revelação”, uma reunião para dizer qual será o sexo de um bebê que ainda não nasceu.

A leste de San Diego, no sul da Califórnia, quase 400 bombeiros lutavam contra o Valley Fire, que queimou mais de 10 mil acres na Floresta Nacional de Cleveland.

O governador da Califórnia, Gavin Newsom, declarou estado de emergência nos condados de Fresno, Madera, Mariposa, San Bernardino e San Diego no domingo à noite.

O Serviço Florestal dos EUA fechou temporariamente algumas florestas nacionais.