A Polícia Civil apreendeu mais de 40 kg de drogas durante operação deflagrada em bairros da região sul de Palmas no início da tarde da quarta-feira (03).

As drogas estão divididas em 35 kg de maconha, 5 kg de cocaína, 2 kg de crack, 100 comprimidos de ecstasy e 375 micropontos de ácido lisérgico (LSD).

Durante a operação, denominada de ‘Breaking Bad’, a polícia também efetuou três prisões em flagrante, sendo uma mulher e dois homens, e ainda apreendeu um veículo.

As prisões ocorreram nos bairros Irmã Dulce e Santa Fé. Conforme o delegado-chefe da 1ª Divisão de Repressão a Narcóticos (1ª Denarc-Palmas), Enio Walcácer, a droga está estimada em mais de R$ 250 mil.

Ainda segundo ele, o que mais chamou a atenção na operação foi a prisão da mulher. “Em nossas investigações, apuramos ser ela a responsável química do grupo preso hoje”, disse o delegado.

Ele também explicou que, a partir de um quilo de crack, a mulher conseguia ampliar a quantidade para quatro quilos, utilizando para isso produtos químicos e misturas.

A operação foi realizada por intermédio da 1ª Denarc-Palmas e contou com a parceria do Grupo de Atuação Especial de Repressão ao Crime Organizado (Gaeco) do Ministério Público Estadual.

‘Breaking Bad’

O nome da operação foi inspirado no seriado americano Breaking Bad. A série retrata a vida do químico Walter White, um homem brilhante frustrado em dar aulas para adolescentes do ensino médio enquanto lida com um filho sofrendo de paralisia cerebral, uma esposa grávida e dívidas intermináveis.

White, então, é diagnosticado com um câncer no pulmão – o que o leva a sofrer um colapso emocional e abraçar uma vida de crimes para pagar suas dívidas hospitalares e dar uma boa vida aos seus filhos. Ele resolve produzir metanfetamina de alta pureza com seu ex-aluno, Jesse Pinkman.