A Diretoria de Recursos e Infrações da Secretaria Municipal de Segurança e Mobilidade Urbana de Palmas (Sesmu) divulgou um balanço nesta quinta-feira, 26, que mostra 1.357 violações das normas referentes só a estacionamentos ocorridas de janeiro a agosto. As maiores causas dos flagrantes registrados pelos agentes são: estacionar ao lado do canteiro central ou divisores de pista de rolamento (239 autos); estacionar o veículo em local e horário proibido especificamente por placa de sinalização (185 autos); estacionar no passeio público (162 autos); e a quarta maior incidência deve-se ao estacionamento do veículo na contramão da direção (125 autos).

Ocorrência pode resultar na remoção do veículo

Superintendente de Trânsito e Transporte, Valéria Oliveira alerta que as equipes seguem os 20 incisos do artigo 181 do Código Brasileiro de Trânsito (CTB), e, conforme a situação dos desdobramentos da ocorrência, as infrações variam entre leve, média, grave ou gravíssima. “De todos os incisos, apenas um não resulta na remoção do veículo. A situação mais grave que acontece aqui em Palmas é o estacionamento irregular dos veículos em vagas especiais, reservadas aos idosos e as pessoas com deficiência, sem o documento da credencial para fazer uso do benefício”, ressaltou.