O Connected Smart Cities apresenta a partir desta quarta-feira, 1º, o resultado de um estudo sobre a conectividade de todos os 677 municípios com mais de 50 mil habitantes. O levantamento feito pelo Urban Systems, em parceria com a Necta, é dividido em dez eixos temáticos e avalia políticas públicas inteligentes, conectadas e sustentáveis dentro de um universo de 75 indicadores. Das cinco cidades tocantinenses avaliadas, Palmas foi o destaque.

Palmas tem melhor desempenho da região Norte

No ranking do Connected Smart Cities, a Capital do Tocantins teve o melhor desempenho da região Norte, o que lhe garantiu a 35º posição geral. Dos dez eixos, Palmas se destacou principalmente em educação, sendo a 10ª melhor cidade entre todas as avaliadas. Outras frentes que merecem ênfase são: Urbanismo [26°], Tecnologia e Inovação [39°], Mobilidade [44°] e Segurança [84º]. O município ficou fora dos 100 primeiros nos quesitos Governança, Economia e Meio Ambiente.

Poderoso projeto de Smart City

A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro (PSDB), falou ao Connected Smart Cities um pouco do modelo de gestão adotado. “Colocar sempre o ser humano e suas relações no centro de tudo, utilizar a tecnologia para facilitar essa missão, com instrumentos de controle e de dados, de planejamento e de inteligência. Esse é o meu desejo para nossa capital: um poderoso projeto de smart city [cidade inteligente]“, disse à assessoria do estudo, elencando ações como o Palmas Solar, o projeto de instalação de dois parques tecnológicos e o Summit Live.

Mais quatro tocantinenses avaliados

Outras cidades tocantinenses também foram avaliadas pelo Connected Smart Cities, mas todas ficaram atrás da 100ª posição no ranking geral e na posição por eixos. Entretanto, Gurupi conseguiu ter o 8º melhor desempenho da região Norte, logo à frente de Araguaína, na 11ª colocação, Porto Nacional [17ª] e Paraíso do Tocantins [23ª].