Após o  Tribunal Regional Federal da primeira região, por meio de uma decisão do desembargador Hilton Queiroz, derrubar uma liminar que suspendia o aumento de tributos sobre combustíveis, os moradores de  Palmas  já estão pagando mais caro para abastecer.

 

Segundo o site da Agência Nacional do Petróleo, os preços da gasolina na Capital estão variando entre R$3,92 podendo ir a R$4,19. Já o álcool nas bombas está variando entre R$3,22 a R$3,79. A variação do preço do diesel é a maior. O combustível pode ser encontrado por R$2,39 em alguns postos de Palmas e em outros, o valor pode chegar a R$3,19.

 

Segundo  Vilmar Carneiro, economista,  o aumento dos combustíveis traz graves consequências para a economia, que deve também afetar a inflação.

 

Para ele, “o  aumento da inflação significa na prática o aumento generalizado dos preços, com isso, todos os brasileiros irão  sofrer. Por isso o governo acha a solução de aumentar o preço dos combustíveis mais fácil, porque não precisa tomar medidas administrativas de contenção de despesas, redução de custeio da máquina pública. A gestão acha mais fácil cobrar da sociedade. É um pouquinho de cada um, mas no final são bilhões que entram nos caixas do governo”, explica.