Um parque em Detroit, nos Estados Unidos, foi transformado em um memorial com mais de 900 fotos de vítimas da Covid-19. A instalação, montada em uma ilha no rio que passa pela cidade, abriu na segunda-feira (31).

O memorial funciona como um drive-thru: os visitantes não saem do carro ao visitar as imagens. Antes da abertura, os próprios parentes das mais de 900 vítimas do novo coronavírus em Detroit e região levaram as fotografias ao parque.

“Eles tinham sonhos, planos e uma história. Elas não acabaram ainda”, disse a governadora do Michigan, Gretchen Whitmer.

Uma  rádio especializada em música clássica tocou música religiosa e prestou homenagem aos mortos lendo o nome de cada um deles.

EUA têm mais de 6 milhões de casos

O número de registros confirmados do novo coronavírus nos EUA passou de 6 milhões nesta segunda-feira, segundo a Universidade Johns Hopkins. O total de mortes no país por Covid-19 passa de 180 mil.

Para tentar conter o ritmo da transmissão, a FDA, principal autoridade regulatória dos EUA, sinalizou que pode acelerar a produção de uma vacina contra o novo coronavírus para aprovação ainda neste ano.