Peças de helicóptero importadas e transportadas ilegalmente foram apreendias pela Polícia Rodoviária Federal (PRF) na BR-153, município de Guaraí (TO)

A PRF disse que uma equipe realizava abordagens, quando parou e fiscalizou um caminhão cegonha transportando vários veículos usados. Um dos automóveis (uma caminhonete Toyota/Hilux) continha em seu interior 10 caixas transportadas sem nota fiscal. Era possível perceber que as caixas e peças em seu interior tinham origem internacional.

A equipe conseguiu entrar em contato com o proprietário das peças e confirmou que elas eram para motor de helicóptero e foram importadas dos Estados Unidos.

O homem enviou um documento informando sobre um despacho alfandegário correspondente a um kit de peças fabricadas em 2013, no entanto, as peças transportadas foram fabricadas em 2019, demonstrando a incompatibilidade com o documento.

Diante da situação, as peças importadas e transportadas ilegalmente foram apreendidas. Já o proprietário das peças poderá responder por descaminho.