A Petrobras informou nesta quarta-feira (29), por meio de comunicado, que o Conselho de Administração da companhia aprovou a destinação de R$ 300 milhões, por um período de 15 meses, para a criação de um programa social voltado para famílias em situação de vulnerabilidade.

Sem dar detalhes, a Petrobras informou que a intenção é contribuir com o acesso a produtos essenciais, com foco no gás de cozinha.

“O programa visa alinhar a atuação social da empresa ao praticado por outros players de mercado e se justifica pelos efeitos da situação excepcional e de emergência decorrentes da pandemia da Covid-19”, informou a companhia.

De acordo com a Petrobras, o modelo do programa está em fase final de estudos e deve definir ainda parâmetros como qual será o critério de inclusão das famílias no programa e também a busca de parceiros.