A polícia da Austrália divulgou nesta quinta-feira (4) o áudio do momento em que agentes encontraram a menina Cleo Smith, de 4 anos, que ficou desaparecida por 18 dias, na costa oeste da Austrália. Ela estava na casa de um homem, na cidade de Carnavron.

O áudio divulgado nas redes sociais mostra que os policiais reconheceram a garota assim que entraram no cativeiro. Para confirmar a identidade da criança, eles perguntaram repetidas vezes qual era o nome dela, até que a menina respondeu: Cleo.

O desaparecimento de Cleo foi notícia em toda a Austrália. As autoridades locais chegaram a oferecer uma recompensa de 1 milhão de dólares australianos (cerca de R$ 4,2 milhões) a quem fornecesse informações que levassem ao paradeiro da menina.

A polícia da Austrália não informou se a criança foi encontrada com base em algum relato ou se alguém receberá a recompensa milionária divulgada ao público.

Segundo as autoridades australianas, o dono da casa na qual Cleo foi encontrada será acusado de uma série de crimes, incluindo tomar uma menor de 16 anos à força, segundo informações da AFP. Ele seguirá sob custódia até 6 de dezembro, quando ocorrerá outra audiência judicial.

De acordo com a polícia, o sequestro não foi planejado, e sim “oportunista”, tendo o suspeito agido sozinho.