Em alusão à comemoração cívica do dia da Independência do Brasil, em 7 de Setembro, a Polícia Militar está realizando, entre os dias 4 e 8, atividades de cunho cívico, em escolas da rede de ensino pública e privada. Durante a Semana da Pátria, a Polícia Militar vai desenvolver palestras junto às instituições de ensino, para discutir temáticas sobre noções de civismo e sobre o contexto da Independência do Brasil, a fim de resgatar tradições históricas em todo o Estado.

Na tarde desta segunda-feira, 4, policiais militares do Colégio da Polícia Militar proporcionaram um momento cívico a alunos do 2º ano do ensino médio do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFTO), em Palmas. Na ocasião, os subtenentes Denny Souto Ribeiro e Nivalcy Alves Marçal falaram sobre a importância dos símbolos nacionais, hasteamento e descerramento da bandeira nacional, as esferas representativas e curiosidades referente ao assunto.

Para o subtenente, Denny Souto Ribeiro, “essas ações trazem o conhecimento sobre o simbolismo da bandeira e hino nacional, uma vez que esses são símbolos máximos do civismo nacional  e que, por vezes, são esquecidos pelas novas gerações, assim como a postura e conduta perante tais símbolos”, explicou o militar.

Ainda hoje, o capitão Jacson Nogueira da Silva realizou palestras no período matutino e vespertino para acadêmicos do Centro Universitário Luterano de Palmas (Ulbra). E em Guaraí, junto com a Prefeitura Municipal, a PM promoveu uma cerimônia de abertura da Semana da Pátria, que contou com a participação de autoridades e de alunos que realizaram apresentações culturais.

Para o comandante geral da PM, coronel Glauber de Oliveira Santos, “a Semana da Pátria é um momento de prestigiarmos esse fato histórico tão importante para a nação que foi a Independência do Brasil. Assim, podemos refletir sobre o que somos e o que seremos na busca de construir um país melhor”, destacou.

 

Independência do Brasil

No dia 7 de setembro comemora-se a Independência do Brasil, que ocorreu no ano de 1822. Na presente data, Dom Pedro I, príncipe regente do país, declarou a nação brasileira independente da Corte Portuguesa, sendo este um fator histórico determinante para o desenvolvimento social, político e econômico do Brasil.

(Com informações da assessoria de comunicação)