A Polícia Militar do Tocantins (PMTO) recebeu, no Quartel do Comando Geral em Palmas, as 2.500 máscaras produzidas por meio de uma parceria realizada pela instituição com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), a Associação Industrial e Comercial de Palmas (Acipa) e a comunidade de Taquaralto e região.

Na oportunidade, a instituição recebeu ainda dois pulverizadores para desinfecção das viaturas e ambientes, doados pela Acipa e pela empresa Ferpan. Um será enviado ao 1º Batalhão da PM, sediado na região central da Capital, e o outro para o 6º Batalhão da PM, com sede em Taquaralto, região sul de Palmas. Os equipamentos atenderão a todas as unidades da Polícia Militar pertencentes ao Comando de Policiamento da Capital (CPC) e ao Comando do Policiamento Especializado (CPE).

As máscaras serão utilizadas pelos policiais militares de Palmas em serviço, na proteção contra a disseminação do novo Coronavírus. O equipamento de proteção individual foi produzido no laboratório de vestuário da unidade Senai de Taquaralto, cedido pela instituição, por alunas da região formadas nesta área que contribuíram com seu trabalho voluntário. A Acipa forneceu os materiais para a fabricação (tecido reutilizável, aviamentos e elástico).

Já a PM realizou o transporte das alunas até a unidade do Senai em Taquaralto e a doação de cestas básicas às famílias das profissionais que trabalharam voluntariamente. De acordo com o tenente-coronel e comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, João Leyde de Souza, será produzido um segundo lote de cerca de 2.000 máscaras, por meio de doação do Senai, para posterior entrega à instituição.

O comandante-geral da PM, coronel Jaizon Veras Barbosa, agradeceu aos parceiros pela colaboração na produção das máscaras, que são de extrema importância para se prevenir em meio à pandemia da Covid-19. “Precisamos desse espírito de união para superar esse momento tão difícil vivido pela sociedade. Como não temos produção desse material aqui no Estado, é mais difícil a aquisição, já que a demanda por esses equipamentos de proteção individual está muito grande, o que dificulta a compra”.

Coronel Jaizon Veras Barbosa destacou ainda que a Polícia Militar, em ação conjunta com o Governo do Estado e demais parceiros, não mede esforços para fornecer aos policiais militares equipamentos e meios adequados de proteção, para que esses profissionais permaneçam firmes na linha de frente.

O presidente da Acipa, Joseph Ribamar Madeira, também ressaltou o valor das parcerias diante da situação. “O momento deve ser de união de solidariedade, precisamos elevar nossas orações a Deus, do mesmo modo que ele nos conduziu até aqui, que ele possa nos fazer chegar fortalecidos do outro lado dessa tempestade que se abate sobre nós”.

Presenças

Participaram ainda do encontro: o presidente da Fieto/Senai, Roberto Magno Martins Pires; o proprietário da Ferpan, Ivan Ricardo Naves Inácio; a diretora Regional do Senai, Márcia Rodrigues de Paula; o comandante do Policiamento da Capital (CPC), coronel PM Francinaldo Machado Bó; o diretor de Saúde e Promoção Social da PM, coronel PM Wesley Borges Costa; e o comandante do 1º Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel João Leyde de Souza.