Policiais civis da 1ª Divisão de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP, efetuaram em Palmas, a prisão de um indivíduo de 40 anos. Ele é suspeito pela prática do crime de homicídio tentado e foi capturado mediante cumprimento a mandado de prisão preventiva quando se encontrava em uma residência, localizada na Quadra 112 Sul, em Palmas.

Conforme apurado pela 1ª DHPP de Palmas, na madrugada do dia 27 de janeiro de 2020, o investigado se envolveu em uma briga com a vítima de iniciais I.J.C.C., de 38 anos, em um quiosque, localizado no centro da Capital. Na ocasião, durante a briga, o agressor pisou e chutou a cabeça da vítima repetidas vezes enquanto a mesma estava caída ao chão, provocando-lhe graves lesões cerebrais.

A vítima foi socorrida e levada às pressas para a Unidade de Terapia Intensiva do Hospital Geral de Palmas, onde chegou em estado gravíssimo. No entanto, após meses de internação, recentemente I.J.C.C. recebeu alta, mas desenvolveu várias sequelas por conta das agressões sofridas, necessitando de cuidados intensivos 24 horas.

Ainda segundo o apurado pela 1ª DHPP de Palmas, familiares têm se revezado nos cuidados do rapaz e revelaram que a prisão do agressor foi um alento para a família, uma vez que depois dos fatos, tudo se tornou muito mais difícil para todos. Segundo relato da família, a mãe da vítima precisou abandonar o próprio trabalho para cuidar do filho e, em razão disso, eles têm passado por dificuldades financeiras.

O investigado, ora preso, será autuado por homicídio tentado e, após a realização dos procedimentos legais cabíveis, encaminhado à Casa de Prisão Provisória de Palmas (CPPP), onde permanecerá à disposição da Justiça. Agora, o inquérito será finalizado e remetido ao Poder Judiciário.