A Secretaria Municipal de Saúde (Semus) tem mantido o monitoramento diário de todos os viajantes que se comunicaram à Semus como casos confirmados, suspeitos para a doença e viajantes que são moradores de Palmas. “Todos eles estão sendo monitorados diariamente através de ligações telefônicas diárias desde o dia 28 de março de 2020”, explica a Semus, complementando que  já foram realizados 1.264 telefonemas.

Esse monitoramento, de acordo com a pasta, garante canal direto de contato com os pacientes para verificação do surgimento ou continuidade de sintomas, esclarecer dúvidas dos pacientes e reforçar recomendações para cumprimento de medidas de isolamento ou tratamento recomendadas por médicos.

Segundo a diretora de Vigilância em Saúde, Marta Malheiros, é de extrema importância para monitoramento de possível agravamento dos sintomas a fim de garantir o encaminhamento em tempo adequado do paciente à rede, caso necessário.

A Semus também tem oferecido atendimento online em forma de acolhimento, orientação e psicoterapia a pacientes e profissionais da rede pública de saúde de Palmas.

Covid-19 em números

Palmas mantém no quadro de monitoramento da Covid-19, 15 casos confirmados da doença, 305 casos já descartados e outros 830 notificados para síndrome gripal, universo em que estão incluídos os casos suspeitos para a infecção, segundo o Boletim Epidemiológico deste sábado, 11, publicado diariamente pelo Centro de Operações de Emergência em Saúde (COE Palmas Covid-19).

Ainda de acordo com o boletim, até esta data, nenhum óbito relacionado ao coronavírus foi registrado em Palmas e apenas um caso confirmado atualmente requer internação. Trata-se de uma mulher, com idade entre 40 e 49 anos, com quadro pré-existente de hipertensão e que está em Unidade de Terapia Intensiva (UTI) de hospital privado em quadro grave, no entanto, estável. Entre os demais, oito permanecem em isolamento domiciliar e seis já receberam alta.

Apesar de o panorama de confirmações de Covid-19 não ter sofrido alterações desde a última quarta-feira, 8, o COE Palmas reitera a importância do respeito às medidas preventivas para diminuição da curva de transmissão da pandemia.

Entre as recomendações está o distanciamento social, manutenção de hábitos regulares de higiene e uso de máscaras para prevenção da transmissão do coronavírus continuam recomendadas na Capital a fim de reduzir o impacto da pandemia.