Na quarta-feira, 18, foi publicada no Diário Oficial da União (DOU) a Portaria Nº 3.213, que altera o porte de habilitação e qualificação da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h para categoria VIII, conforme capacidade de atendimento e estabelece recurso do Bloco de Custeio das Ações e Serviços Públicos de Saúde.

O recurso de R$ 3 milhões será destinado para atender o Grupo de Atenção de Média e Alta Complexidade Ambulatorial e Hospitalar a ser incorporado ao limite financeiro de Média e Alta Complexidade – MAC de Palmas e do Tocantins.

Por meio de suas redes sociais, a prefeita de Palmas, Cinthia Rbeiro, destacou que a nova qualificação das unidades irá revolucionar o atendimento nas Upas. “Começamos o dia comemorando a gestão do senador Eduardo Gomes (TO) junto ao Ministério da Saúde, em algo que revolucionará o atendimento em nossas Upas. Saímos da qualificação porte V e passamos a receber os repasses de custeio de qualificação VIII”, destacou.

O que isso significa?

A categoria VIII da Unidade de Pronto Atendimento – UPA 24h irá viabilizar a melhoria dos serviços prestados no centro de saúde, pois possibilitará a implementação dos serviços por meio da contratação de cinco médicos para o período diurno e quatro para o período noturno com vista à melhoria do atendimento à população palmense.