No dia 19 de outubro, a menos de um mês da eleição, vai a leilão uma relíquia da história política do Rio de Janeiro.

O disquete de “Pra ficar legal”, composto e interpretado por ninguém menos que Preto Joia para o então promissor deputado estadual candidato à reeleição Sérgio Cabral — considerado um dos melhores jingles políticos de todos os tempos.

O refrão chiclete “Pra ficar legal / a gente quer o melhor / Sérgio Cabral” certamente ajudou o moço a conquistar os seus 125 mil votos, um recorde na ocasião.

Alberto Torres Leiloeiro vai passar nos cobres o disquete, que tem a foto e o número do jovenzinho (à época, tucano).

O lance mínimo é R$ 8.