A Prefeitura de Palmas prorrogou até o dia 15 de junho o prazo para o pagamento à vista do Imposto sobre a Propriedade Predial e Territorial Urbana (IPTU). A medida também se aplica a Taxa de Coleta de Lixo e da Contribuição para o Custeio do Serviço de Iluminação Pública (Cosip), relativos ao exercício de 2021.

A extensão por mais 30 dias foi motivada pela crise financeira gerada pela pandemia de Covid-19. O decreto com as regras da prorrogação foi publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira (17).

Esta é a terceira vez que o município prorroga o prazo para pagamento do imposto, por causa da pandemia. O decreto especifica que o benefício se aplica ao pagamento à vista ou das 1ª, 2ª e 3ª parcelas, quando houver opção de pagamento parcelado. As demais parcelas continuam com o prazo inalterado.

Quem pagar em parcela única terá 10% de desconto pelo pagamento à vista e mais 10% de abatimento no valor final do imposto. O contribuinte que tiver solicitado créditos do Programa Nota Quente Palmense em 2020 poderá receber mais 10% de desconto no tributo.

Os carnês estão disponíveis no site da prefeitura. No começo do ano, a prefeitura informou que a expectativa é de que em 2021 sejam arrecadados R$ 50 milhões com o IPTU. Os recursos são direcionados para serviços nas áreas de educação, saúde, infraestrutura, limpeza urbana, entre outras.

Por  G1 Tocantins.