O prazo para pagar o Imposto Predial e Territorial Urbano (IPTU) foi prorrogado mais uma vez pela Prefeitura de Palmas. Os contribuintes tinham até esta quarta-feira (15) para realizar o pagamento com desconto de 10%, mas a prefeita Cinthia Ribeiro (PSDB) publicou um decreto no Diário Oficial estendendo a data para até 15 de maio.

Esta é a segunda vez que o prazo é prorrogado. Inicialmente, o pagamento com desconto venceria no dia 16 de março, mas foi adiado para 15 de abril.

O boleto pode ser impresso apenas no site da Prefeitura de Palmas. Quem optar pelo pagamento parcelado também terá até o dia 15 de maio para quitar a primeira parcela.

Junto com o IPTU são cobrados os valores da Taxa de Coleta de Lixo (TCL) e da Contribuição para o Custeio dos Serviços de Iluminação Pública (Cosip) ou Contribuição de Iluminação Pública (CIP), no caso de terrenos vagos. Isso significa que esses valores também tiveram o pagamento adiado.

A medida adotada pela prefeitura acontece em função da pandemia da Covid-19 e do decreto de calamidade pública em Palmas.

A expectativa do município é arrecadar R$ 50 milhões com o IPTU em 2020. Além do desconto de 10% para pagamento em parcela única, os moradores podem ganhar mais 20% de abatimento no imposto. Isso será possível para quem estiver sem nenhuma dívida com o município (ganha 10% de desconto) e tiver solicitado, em 2019, a conversão de créditos do Programa Nota Quente Palmense (ganha os outros 10%).

As informações são do  G1 Tocantins.