A prefeita de Palmas, Cinthia Ribeiro, anunciou por meio de seu twitter  a primeira morte por covid-19, ocorrida no Estado do Tocantins. A paciente cujo primeiro nome é Romana, era a única paciente com a doença internada na capital, os outros casos estão em isolamento. Há vários dias ela apresentava estado grave na UTI do hospital da Unimed na capital.

Familiares e amigos de Romana lamentaram a morte da servidora da saúde, de 47 anos, que é muito conhecida e contava com oração de todos. A paciente também tem diagnóstico de hipertensão e contraiu a gripe com outro caso confirmado.

A paciente se apresentou com febre e tosse em um hospital particular da capital, onde ficou internada e passou mais de uma semana na UTI em estado grave.

“Essa é a notícia que jamais queria dar… Perdemos a Romana, nossa amiga e querida servidora da SEMUS. É o primeiro óbito, vítima do coronavírus em Palmas. Não há palavras que traduzam o que a família está sofrendo neste momento. Nosso respeito e total solidariedade !”, expressou a prefeita em sua rede social.

— Cinthia Ribeiro (@CinthiaCRibeiro) 15 de abril de 2020

A prefeita informou ainda que toda sua equipe está de plantão para atender as demandas da imprensa, com informações necessárias e não gerar especulações sobre um assunto delicado e de tamanha gravidade.

Palmas

Ainda no início da noite a Secretaria de Estado da Saúde informou sobre a confirmação de um novo caso da gripe no Tocantins. O novo caso é de Palmas e do sexo feminino, uma de 23 anos, com histórico de contato com um caso confirmado da cidade.

Tocantinópolis

Registrado na noite desta terça-feira (14) o primeiro caso confirmado de Covid-19 na cidade. A paciente é uma mulher de 67 anos que está em isolamento domiciliar. Os exames que confirmaram a doença foram feitos em hospital particular no Maranhão onde a mulher ficou internada após se sentir mal.

SES

No boletim do SES foi contabilizado 27 novos casos de Coronavírus. Ainda no final da noite mais um caso foi confirmado na cidade de Tocantinópolis, sendo esse o primeiro nessa cidade. O Estado agora conta com: Palmas (17), Araguaína (6), Gurupi (1), Dianópolis (1), Paraíso do Tocantins (1), Cariri do Tocantins (1) e Tocantinópolis (1), somando um total de 28 caso. Um óbito confirmado pela prefeita de Palmas.

Vale lembrar que o caso de Paraíso do Tocantins foi contraído na capital goiana e o paciente continua internado em hospital de Goiânia.

Os dados contidos neste boletim são consolidados com resultados de exames realizados no Lacen e notificações recebidas dos municípios até as 17h.