Foi sancionado  a Lei Nº 009/2021, que institui o programa de recuperação de crédito – Refis, aos estudantes da Universidade de Gurupi – UnirG. Projeto foi aprovado por unanimidade na Câmara Municipal de Gurupi, durante sessão extraordinária, realizada na terça-feira, 01.

Com o Refis da UnirG, estudantes em débito com a instituição terão condições especiais para negociarem suas dívidas. As formas de negociação, bem como o valor dos descontos nas multas e juros deverão ser divulgadas nos próximos dias pela UnirG.

A prefeita Josi Nunes espera que, com o Refis, os estudantes em débito com a UnirG possam regularizar sua situação e retomarem seus estudos com mais tranquilidade. “Elaboramos o projeto junto com a UnirG para facilitar a vida do estudante que queira rever seus pagamentos junto a instituição. Eles querem acertar essas contas, mas alguns entraves acabam aumentando esse valor para o aluno. Então o Refis facilita para que o estudante resolva suas questões financeiras com a instituição”, comentou a prefeita.

Para o presidente da Fundação UnirG, Thiago Miranda, o Refis abrirá oportunidade a acadêmicos negociarem suas dívidas de forma facilitada. “Principalmente durante a pandemia, muitas pessoas não tiveram condições de honrar seus compromissos. Com essa medida, a UnirG e a Prefeitura de Gurupi possibilitam que as pessoas com débitos possam retomar os estudos, ou possam ainda ingressar novamente na UnirG, para cursar uma nova graduação”, disse.

O presidente da Câmara de Municipal de Gurupi, Rodrigo Maciel, frisou a importância do Refis e o apoio do legislativo municipal. “É uma excelente notícia para os acadêmicos, por isso convocamos uma sessão extraordinária para dar a maior agilidade possível ao andamento desse projeto que irá beneficiar nossos estudantes que estão enfrentando dificuldade e que desejam quitar seus débitos de forma facilitada, com isenção de multas, juros e correção monetária”, comentou o vereador.