A partir desta quarta-feira, 9, todas as secretarias e órgãos que compõem a estrutura da Prefeitura de Palmas voltarão a atender presencialmente, por meio de agendamento. Com isso, fica restabelecido o retorno presencial de todos os servidores durante o expediente oficial, das 13h às 19h. A medida está instituída no Decreto Municipal nº 2.060, publicado no Diário Oficial da segunda-feira, 7.

De acordo com o Decreto, é determinado o retorno às atividades presenciais aos servidores com mais de 60 anos ou acometidos de comorbidades, que até então estavam em home office, e que já tenham tomado as duas doses de vacina contra a Covid-19, respeitadas as recomendações do fabricante de cada imunizante.

Para comprovar a condição, esses servidores devem se apresentar ao setor de recursos humanos da pasta em que estejam lotados, no período de 9 a 16 de junho, munidos com o cartão de vacinação.

Os servidores que não tiverem o programa de vacinação completo ou aqueles que não o iniciaram, também devem se apresentar ao núcleo de recursos humanos no qual estejam lotados, no mesmo período de 9 a 16 de junho, para informar o agendamento da vacina.

O servidor que optar por não se vacinar deve, no ato de sua apresentação ao trabalho, assinar termo de responsabilidade ratificando sua decisão. O descumprimento dessas medidas poderá acarretar o bloqueio do pagamento salarial do servidor.