Uma resolução da Secretaria Municipal de Educação do Rio, que será publicada no Diário Oficial nesta quarta-feira, dia 16, aumenta de três para quatro horas a carga horária diária para as unidades escolares de dois turnos e de três para seis horas nas escolas de turno único. Com isso, as aulas presenciais passarão de 15 para 20 horas nas escolas de dois turnos; nas de turno único, que representam cerca de 30% da rede, as aulas presenciais somarão 30 horas semanais. A alteração passa a valer na semana que vem.

O secretário municipal de Educação, Renan Ferreirinha, destaca que, com essa medida, a carga horária presencial na rede municipal está se aproximando da praticada antes da pandemia.

— Estamos nos aproximando do ideal e muito felizes em poder oferecer uma carga horária de aulas presenciais maior por dia aos nossos estudantes. Este é o sexto mês de trabalho desta gestão e conseguimos abrir 96% das escolas ao ensino presencial, oferecer vacina a todos os profissionais da nossa rede e, agora, estamos dando mais um passo para dar mais tempo de ensino aos nossos alunos e alunas. A Educação vai vencer. O Rio vai voltar a dar certo — afirma Ferreirinha.