O Procon Tocantins e os órgãos de defesa do consumidor do Amazonas, Pará, Roraima, Acre, Rondônia e Amapá) que integram o Fórum Norte, juntamente, com os demais membros da Associação Brasileira de Procons (Proconsbrasil), iniciaram na última sexta-feira, 17, a campanha “Contrato não é Papel, Contrato Tem Rosto”.

O objetivo da campanha é orientar os consumidores sobre os seus direitos e deveres durante a pandemia de Covid-19 que tem afetado a vida da sociedade como um todo, o que inclui consumidores, fornecedores e trabalhadores. É uma iniciativa para promover diálogo entre consumidores e fornecedores.

De acordo com o Superintendente do Tocantins, Walter Viana, a ideia da campanha é proporcionar o diálogo entre consumidores e fornecedores, cada um mostrando suas dificuldades e, de uma forma humanizada e transparente, buscarem juntos, negociações possíveis para que haja a manutenção dos contratos, sem inviabilizar a sobrevivência dos consumidores e nem a continuidade da atividade econômica.

“Para a eficácia dessa proposta será necessário que as instituições negociem com os consumidores e não se esquivem de sua responsabilidade social. Ressalto, ainda, que essa alternativa é uma possibilidade de mantermos o equilíbrio, sem impedir o órgão de defesa do consumidor de aplicar sanções em caso de práticas abusivas, postura que forma alguma tem sido tolerada”, concluiu.