Durante a última segunda-feira, 31, os produtores que fazem parte da Horta Empreendedora, a Fazenda Urbana do Taquari, na Quadra T-21 do Setor Taquari, iniciaram uma capacitação onde conheceram o regulamento do projeto, aprenderam sobre empreendedorismo e cuidados no manuseio de uma produção em uma horta. A capacitação segue nesta terça-feira, 1º, como aula prática da teoria apresentada nesta segunda.

Nesta terça-feira, 1º de agosto, também ocorrerá o sorteio dos canteiros onde cada família irá produzir os alimentos para uma renda que garanta o sustento diário. Também esta semana será liberada a permissão do uso por 12 meses para as famílias cadastradas, bem como da liberação da linha de crédito por meio do Banco do Povo, para a compra de equipamentos e insumos.

 

Segundo o secretário municipal de Desenvolvimento Rural, Roberto Sahium, que ministrou uma palestra nesta segunda-feira, os produtores passaram por uma jornada agropedagógica em que aprenderam de forma didática o conceito da produção ecológica.

 

De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico e Emprego, Kariello Coelho, a iniciativa irá ajudar 100 famílias de baixa renda da região a empreender no ramo de hortaliças como alface, coentro, couve, cebolinha, produtos de caixaria, como jiló, batata-doce, quiabo, berinjela, maxixe, pepino, dentre outros.

 

“Nesses primeiros dois meses a Prefeitura irá suprir algumas despesas, como pagamento de energia, água e insumos, até terem a primeira produção”, explica o secretário.

 

Horta Empreendedora

 

A Horta Empreendedora de Palmas é um projeto da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Emprego (Sedem) e Secretaria de Desenvolvimento Rural (Seder), que ajudará os empreendedores nessa fase inicial com composto orgânico, adubos e conhecimento técnico.

 

Conta com 140 canteiros e 20 reservatórios de água de 1.000 litros cada um, abastecidos por dois poços artesianos. A área total é de 7.130 m², sendo a maior da Capital.

( Com informações da assessoria de comunicação)