As atividades parlamentares foram retomadas na Assembleia Legislativa do Tocantins (Aleto), com sessão ordinária.  Os deputados aprovaram a prorrogação de decretos de calamidade pública e dezenas de requerimentos.

Foram contempladas com a prorrogação do decreto de calamidade pública os municípios de Palmas, Gurupi e Dois Irmãos.

Para o presidente da Casa, deputado Antonio Andrade (PTB), os parlamentares têm cumprido seu dever para com a população. “Especialmente neste período de crise provocado pela pandemia da Covid-19, as análises e votações relacionadas às declarações de estado de calamidade nos municípios tocantinenses estão a ser adiantadas”, disse.

O deputado Elenil da Penha (MDB) reforçou o depoimento de Andrade. Segundo o parlamentar, a crise mostrou a fragilidade em que se encontram o País, Estados e municípios, especialmente na área da Saúde. “Estamos fazendo a nossa parte”, ressaltou.

Requerimentos

Entre os requerimentos aprovados está um de autoria da deputada Cláudia Lelis (PV), por meio do qual a secretária de Educação, Juventude e Esportes, Adriana Aguiar, é convocada a prestar informações sobre a proposta de retomar as aulas na rede pública estadual.

O retorno das atividades nas escolas estaduais está previsto para o dia 30 deste mês. O requerimento de Claudia pede esclarecimentos sobre os protocolos de segurança a serem adotados nas instituições de ensino do Estado.