O rapper MC Mineiro, de 23 anos, fez uma live em seu Instagram no último domingo, dia 15, fazendo um desabafo sobre problemas pessoais e, ao fim do relato, se suicidou ao vivo.

Nascido Guilherme Rodrigues, o artista era conhecido nas Rodas de Rimas de São Paulo e, em seu perfil na internet, com mais de 10 mil seguidores, divulgava poesias sobre morte e tristeza, além de outros assuntos. ”Vocês vão esperar eu morrer para me amar?”, dizia uma das publicações.

Na última sexta-feira, MC Mineiro havia comemorado seu aniversário de 23 anos. ”Graças a Deus mais um ano de vida concluído, mais um ciclo de sonho alcançado, e com esse ano veio (sic) dores, sorrisos, frustações e conquistas, sem contar todo o aprendizado”, escreveu o rapaz sobre a data.

Amigos e parentes fizeram uma vaquinha online para ajudar com os custos do funeral do artista, que aconteceu na segunda-feira, às 16h, no Cemitério Nova Cachoeirinha, em São Paulo.

Nas redes sociais, fãs lamentaram sua morte. “Estou chocado. O irmão estava claramente lutando pelos motivos de viver, mas não conseguiu se manter em paz. Se suicidou ao vivo, nessa maldita internet”, escreveu um usuário do Twitter.

Também na rede social, outros fizeram um apelo para o combate às doenças psicológicas, como a depressão. ”Até quando vocês vão tratar essa doença como frescura? Essa ”frescura” tira uma vida a cada 40 segundos e cerca de 800 mil vidas por ano. Ontem foi a vez de mais um jovem talentoso, o MC Mineiro”, lamentou uma internauta.