Quem passa pela rodoviária de Gurupi tem se deparado com cenas inusitadas desde a última semana. Normalmente com transito tranquilo, a terceira maior cidade do Tocantins tem enfrentado congestionamentos de ônibus. Em função da alta no movimento por causa das festas de fim de ano, filas têm se formado para que os veículos possam estacionar nas plataformas.

O terminal rodoviário da cidade é atendido por 20 companhias e algumas precisaram até dobrar a frota para dar conta da procura. Mesmo assim, não há mais passagens disponíveis até o fim da semana que vem para as rotas mais procuradas, como Goiânia ou Palmas. Em média, as empresas estimam crescimento de 30% em relação ao ano passado.

A maior parte das linhas passa por Gurupi em horários próximos e isso contribui para as grandes filas e os atrasos. Para compensar, motoristas estão tentando fazer as paradas mais rápido, acelerando o embarque dos passageiros.

Situação semelhante é observada em Araguaína, onde as principais linhas também já esgotaram. Desde o começo do mês, a média de embarques no terminal ficou em 960 por dia. Mesmo assim, na cidade o movimento foi menor do que em relação a 2018.

Na rodoviária de Palmas também foram colocados ônibus extras e os destinos mais procurados são Goiânia e Brasília. Na segunda-feira (23) as plataformas também ficaram lotadas no começo da noite e quem esperava teve dificuldade em achar lugar para sentar.

As informações são do  G1 Tocantins.