O Saguão Azul de Estocolmo, onde cientistas de renome, políticos e membros da realeza se reúnem para o banquete glamoroso do Prêmio Nobel, será usado para vacinar os cidadãos da capital sueca contra a Covid-19.

O saguão de 1.500 metros quadrados, que todos os anos sedia o evento social mais cobiçado da Suécia, em breve se tornará uma instalação temporária para os moradores de Estocolmo receberem a vacina.

O espaço amplo é considerado ideal para isso.

“O processo de vacinação é muito exigente. Centros esportivos e dependências amplas, como o Saguão Azul, são apropriados para vacinações eficazes e livres de infecção”, disse a chefe de finanças de Estocolmo, Anna Konig Jerlmyr.

A Suécia, cuja rejeição aos lockdowns a colocou sob os holofotes do mundo, acumula mais de 11 mil mortos devido ao vírus. Sua taxa de mortalidade per capita é várias vezes superior à de seus vizinhos nórdicos, mas menor do que as de vários países europeus que optaram por lockdowns.

O evento foi cancelado em 2020 devido à pandemia – a primeira vez que isto ocorreu desde 1956, quando ele foi descartado em protesto contra a invasão soviética da Hungria.