Com a determinação do governador Mauro Carlesse de que a 20ª edição da Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins (Agrotins), prevista para ocorrer entre os dias 5 e 9 de maio, mas adiada em razão da pandemia da Covid-19, causada pelo novo Coronavírus, seja realizada de forma virtual, a Secretaria de Estado da Agricultura, Pecuária e Aquicultura (Seagro), já está trabalhando para cumprir a decisão. Na manhã desta quinta-feira, 16, o secretário César Halum se reuniu com a equipe e recomendou levantamento de viabilidades para a realização da Feira.

 

“Foi uma decisão sábia do Governador e, com o atual cenário causado pelo novo Coronavírus, é preciso mudarmos toda a nossa dinâmica também”, destacou o gestor da Seagro César Halum, reforçando que técnicos e parceiros da feira já estão aprofundando os trabalhos na área técnica para que a Agrotins virtual seja realizada ainda no mês de maio, considerando a possibilidade de usar vídeos e outras tecnologias on-line para mostrar produtos e transmitir conhecimento.

 

“Banco do Brasil, Caixa Econômica e Banco da Amazônia já confirmaram ainda na manhã desta quinta-feira, 16, presença na Feira. Vamos focar também na parte de pesquisa, no repasse de informações e na transferência de tecnologias aos produtores, além da comercialização de produtos e insumos”, complementou.

 

A Agrotins traz, aos produtores rurais, inúmeros incentivos, como a redução de taxas de juros, além de movimentar e impulsionar a economia no setor do agronegócio no Estado gerando emprego e renda. “As concessionárias e os segmentos do setor aguardam ansiosamente a Feira para utilizarem as concessões de créditos com juros acessíveis aos produtores para alavancarem suas vendas. Por outro lado, a produção agrícola se mantém em níveis de crescimento com a disponibilidade de equipamentos e tecnologias que são utilizadas no campo”, finalizou o Secretário. As informações são da assessoria de comunicação.