O presidente do Sebrae Nacional, Carlos Melles, o diretor técnico Nacional, Bruno Quick e o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, se reuniram com a senadora Kátia Abreu (PP-TO) para articular o direcionamento de recursos federais para o projeto Força Mulher, que visa beneficiar mulheres tocantinenses em situação de vulnerabilidade, por meio do empreendedorismo

O recurso de R$ 9 milhões provenientes do Sebrae Nacional, somados aos R$ 1,5 milhões de emenda parlamentar, destinados pela senadora Kátia Abreu irá garantir o custeio da operacionalização do projeto, que inclui oficinas profissionalizantes, capacitações em empreendedorismo e um kit de equipamentos para as mulheres iniciarem seu pequeno negócio.

Conforme a senadora Kátia Abreu, o recurso de emenda parlamentar vai custear o “kit para Empreender” que será entregue ao final das capacitações. “Muitas vezes a mulher aprende a ser cabeleireira, mas não tem recurso para comprar o secador, a chapinha e a tesoura para exercer as habilidades e obter renda com seu trabalho”, afirma.

Para o superintendente do Sebrae Tocantins, Moisés Gomes, com o Força Mulher em funcionamento, espera-se que mais de 2 mil mulheres do Estado sejam atendidas e suas famílias sejam impactadas, saindo da situação de vulnerabilidade e entrando no mercado de trabalho como empreendedoras.

Sobre o Força Mulher

O Projeto Força Mulher é uma solução ofertada aos municípios do Tocantins, que visa a inclusão produtiva das mulheres em situação de vulnerabilidade, por meio do empreendedorismo.  Com o apoio dos CRAS nos municípios do interior, o Sebrae Tocantins ofertará consultorias, capacitações e oficinas de empreendedorismo e profissionalizantes, dando suporte para que elas entrem no mercado de trabalho.

(Assessoria de imprensa Sebrae)