O governador do Estado do Tocantins, Mauro Carlesse, inaugurou na terça-feira, 26, a sede do Batalhão de Operações Especiais (Bope), a nova unidade de elite criada pela Polícia Militar do Tocantins (PM/TO), em Palmas. A nova unidade passa a integrar o quadro de policiamento especializado das forças de segurança do Estado.

Em seu pronunciamento, o governador Mauro Carlesse destacou que a criação do Bope representa um fortalecimento das forças de segurança do Tocantins. “O Bope conta com militares preparados para estar em combate em dificuldades extremas, protegendo a nossa comunidade. É isso que a gente quer, cada vez mais, melhorar as condições de trabalho dos nossos militares, dos nossos servidores para poder atender melhor a comunidade. Não só quanto à estrutura que foi entregue aqui, mas também com equipamentos de segurança, armamento e proteção”, ressaltou.

Anteriormente, a unidade especial fazia parte da Companhia Independente de Operações Especiais (Cioe) e agora, com o status de batalhão, o Bope se apresenta com um efetivo melhor, mais estrutura e atribuições diferenciadas ao policiamento do Estado, como por exemplo, operações no meio rural e ações envolvendo o uso de explosivos.

O comandante geral da PM/TO, coronel Jaizon Veras, agradeceu o apoio da gestão em viabilizar a construção da sede do Bope. “Agradecemos a confiança do governador Mauro Carlesse em relação ao nosso trabalho e de nos possibilitar, os meios necessários, para que essa construção acontecesse. Foi uma luta árdua a construção dessa unidade. Graças a Deus e a todos os envolvidos, conseguimos, hoje, inaugurar essa obra que é muito importante para a nossa Polícia Militar”, destacou.

O comandante do Bope na Capital, tenente-coronel Fioravan Teixeira Silveira, ressaltou a importância de uma sede própria para o desenvolvimento do trabalho da corporação. “O Bope começou como uma companhia independente, no ano de 2003, e já são 18 anos esperando por uma sede definitiva. Essa sede vai resolver o problema de acomodação, de treinamento, de melhoria de condições de trabalho para a tropa. Temos a intenção de aumentar o efetivo com esse concurso da Polícia Militar, garimpar os talentos que vão entrar”, assegurou.

O projeto para construção foi executado pelo Governo do Tocantins com apoio do governo federal, Polícia Federal (PF), empresas de segurança privada de Palmas e de emenda parlamentar do deputado estadual, Olyntho Neto, e do senador Eduardo Gomes, que destinou recursos ainda na época em que ocupava uma cadeira na Câmara Federal.

A sede do Bope, que vai abrigar os chamados “caveiras”, policiais que fazem parte da unidade de elite da PM/TO, está localizada na avenida NS-02, em Palmas, próxima à Avenida Palmas-Brasil.

Troca de comando do 6° BPM/TO

Antes da solenidade de inauguração da sede do Bope, o vice-governador do Estado do Tocantins, Wanderlei Barbosa, prestigiou a cerimônia de troca de comando do 6° Batalhão da PM/TO, em evento ocorrido na sede do batalhão, em Taquaralto, na região sul de Palmas.

“É uma satisfação para o Governo ver o crescimento da nossa Polícia, o fortalecimento das forças de segurança. O Governo orienta sempre na mesma direção, de que nós temos que buscar condições de aparelhar a Polícia Militar e qualificar esses homens e mulheres, para que eles estejam prontos para enfrentar todos os desafios que vem pela frente”, destacou o vice-governador.

Na ocasião, o tenente-coronel Ricardo Apolinário de Carvalho assumiu o comando do 6° Batalhão, substituindo o tenente-coronel Abner Alves Martins, que destacou a expectativa do trabalho à frente do batalhão.

Nesta terça-feira, também foi inaugurada uma nova estrutura para a unidade da Força Tática do 6° BPM/TO, construída inteiramente por meio do serviço de voluntariado, por moradores e empresários da região sul de Palmas, que doaram materiais e mão de obra para a construção do espaço. Como forma de homenagem, a nova sede da Tática recebeu o nome do policial militar Ivan Borges, morto durante um assalto que ocorreu na região sul de Palmas, em abril de 2016.

Abrangência

O 6° Batalhão abrange a região sul de Palmas e mais cinco cidades próximas a Capital, sendo elas: Novo Acordo, Aparecida do Rio Negro, Lagoa do Tocantins, Santa Tereza e São Félix, o que corresponde, em média, 170 mil habitantes na área de abrangência do batalhão.