A Secretaria da Saúde do Tocantins (Sesau) emitiu nota  para negar a existência de divergência no número de vacinas contra a Covid-19 entre o Centro de Informações e Decisões Estratégicas (Integra Saúde) e o Localiza SUS (Sistema Único de Saúde). O Estado recebeu determinação judicial para esclarecer uma diferença de 2,2 mil doses entre o portal estadual e o federal constatada pelo Ministério Público (MPE) no início deste mês. A Coluna do CT consultou ambos os sistemas na manhã desta quarta-feira, 19, e ambos informaram a mesma quantidade.

Alimentação do Integra Saúde acontece após conferência das doses

Na nota, a Sesau esclarece que é o Localiza SUS que centraliza todas as informações relacionadas à situação da pandemia e que o mesmo é alimentado em tempo real. “A partir do momento em que uma nota de fornecimento com o quantitativo de insumos é autorizado pelo Programa Nacional de Imunização e inserido no sistema, o quantitativo a ser destinado ao Estado já consta no painel”, pontua. Já no Tocantins, o Integra Saúde só é alimentado com novos dados após o efetivo recebimento e a conferência geral dos fracos de imunobiológicos.

Leia a íntegra da nota:

“A Secretaria de Estado da Saúde (SES) esclarece que os sistemas do Ministério da Saúde (MS) – Sistema de Informação de Insumos Estratégicos (SIES) e o Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (SIPNI) – são interligados operacionalmente e em tempo real com o Portal do LocalizaSUS (Sistema Único de Saúde), que é a plataforma criada pelo Governo Federal para centralizar todas as informações relacionadas à situação da pandemia pelo novo Coronavírus, no Brasil.

Diante disso, a SES destaca que não há divergências entre os Portais Estadual (Integra) e o Portal Federal (LocalizaSUS), pois a partir do momento em que uma Nota de Fornecimento com o quantitativo de insumos – vacinas que serão distribuídos aos Estados – é autorizado pelo Programa Nacional de Imunização  (PNI) e inserido a nota no sistema SIES, o quantitativo a ser destinado ao Estado já consta no painel do LocalizaSUS, como “total de doses distribuídas”.

A SES enfatiza que o painel Integra/Saúde/Vacinômetro da SES, só é alimentado com o quantitativo de “doses recebidas” após o efetivo recebimento e a conferência do real quantitativo/lote/validade/temperatura/integridade do frasco de imunobiológicos.

Palmas/TO, 19 de maio de 2021

Secretaria de Estado da Saúde

Governo do Tocantins”