A Secretaria da Saúde de Palmas (Semus) prestou as contas das ações do 3º quadrimestre do ano passado em audiência pública realizada na manhã da terça-feira, 22, na Câmara dos Vereadores. À época, a titular da pasta era Valéria Paranaguá, vítima da Covid-19 em março. Assim, a apresentação ficou por conta do atual secretário, Thiago de Paula Marconi.

Aplicação em 2020

Thiago Marconi detalhou os investimentos da Semus na Capital: um montante de R$ 118.997.373,76 foi arrecadado no período, sendo que R$ 73.447.761,92 (57,80%) são de recursos próprios e o restante de recursos federais (38,74%) e estaduais (3,04%). O montante de despesas liquidadas foi de R$ 113.310.612,62. “O mínimo estabelecido por Lei é de 15% [do Orçamento], então a gestão da prefeita Cinthia Ribeiro vem aumentando a disponibilização de recursos na área. Em 2019 era 17%, 2020 chegamos a 21% e pretendemos em 2021 chegar a mais que isso”, comentou.

Atendimento além da Covid-19

Opositora do Paço, a presidente da Casa de Leis, Janad Valcari (Podemos), foi a responsável por questionar algumas ações. O principal ponto abordado pela parlamentar foi a suposta falta de atendimento a outras doenças na Capital devido ao foco no combate à Covid-19, citando tuberculose, calazar e hanseníase, entre outros. Thiago Marconi garantiu que a pasta tem corrigido o problema. “Além da Covid-19, nós temos outras doenças que a gente vem trabalhando para suprir a população com atendimentos. Se houve algum período de paralisação, hoje os serviços voltaram, as equipes estão realizando”, garantiu.

Secretário sem firmeza na fala

Irritada, Janad Valcari engrossou o tom contra Thiago Marconi devido às respostas apresentadas na sessão. “Eu não fui eleita para bajular prefeita e muito menos secretário, que quando responde não põe firmeza na fala. […] Agora responde, mas responde com firmeza. Fica no ‘Vamos fazer… Vamos fazer’. Isso aqui é uma audiência pública de 2020, não é o que está fazendo hoje não. Responde que não fizeram. Vão aprender a trabalhar porque isto é uma incompetência”, disparou.

Não compareceu para brigar

Apesar da investida de Janad Valcari, Thiago Marconi não reagiu e foi cordial. “Entendo o questionamento, inclusive da presidente. Ela tem razão em alguns pontos que a gente tem que melhorar e estamos trabalhando para isto. Não estou aqui para discutir, para brigar; estou aqui para fazer gestão. Acho que todos aqui querem uma única coisa, o benefício da nossa população. Por isso venho bem tranquilo”, ponderou o secretário.