Duas tiaras da imperatriz da França e esposa de Napoleão Bonaparte, Josefina de Beauharnais, serão leiloadas na Inglaterra após 207 anos da morte da monarca. Estima-se que as peças possam ser arrematadas por até 690 mil dólares (cerca de R$ 3,8 milhões).

Segundo a Sotheby’s, grupo que ficará responsável pelo leilão das tiaras, cravejadas de pedras e imagens clássicas, apenas a Família Real Sueca possui uma peça semelhante a essas.

As tiaras ficarão expostas até 9 de novembro em um hotel de luxo em Genebra, na Suíça. O leilão das peças está marcado para 7 de dezembro, em Londres, capital da Inglaterra.

De acordo com a revista Smithsonian, especialistas afirmam que as tiaras têm um nível técnico de manufatura incrível para peças feitas no início do século 19. Os acessórios de Josefina reforçam todo o poder que Napoleão tentou transmitir durante os anos de reinado, marcado pela expansão territorial francesa a partir de guerras.

Estima-se que Josefina tenha desembolsado mais de 25 milhões de francos em joias e roupas durante os anos de reinado de Napoleão. A imperatriz ainda seria uma grande apreciadora de arte e profunda conhecedora de heróis mitológicos gregos e romanos.