Com mais uma ocorrência neste domingo, 22, em Praia Norte, o Tocantins chega a 46 mortes por afogamento somente neste ano, 42 delas somente no primeiro semestre. Abril teve a maior quantidade de registros, com 9 casos; seguido por maio, com 7 e fevereiro com seis. Dados da Gerência de Monitoramento da Defesa Civil Estadual indicam que 90% dos casos as vítimas são homens. Outro indicador preocupante é de que 47% ingeriram bebida alcoólica antes de entrar na água.

Caso de Praia Norte

Em Praia Norte, Genisval Pinheiro da Silva, de 40 anos, morreu afogado após um mergulho na Praia de São Francisco na manhã de domingo, 22. O homem teria ingerido bebida alcoólica durante toda a noite e na madrugada. O corpo já foi retirado pelos Bombeiros da 3ª Companhia e encaminhado para a Perícia.

Treinamento

Atualmente, o Corpo de Bombeiros Militar realiza o Curso de Formação de Agente de Prevenção aos Afogamentos, voltado para servidores municipais das Defesas Civis e Agências de Turismo. O projeto orienta sobre a importância da sinalização nos locais de banho sobre profundidades e os limites onde se pode nadar, proibições de saltos de locais elevados, travessias de um ponto a outro e o uso de coletes salva-vidas.