A Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou aumento nas ocorrências relacionadas a embriaguez ao volante no Tocantins mesmo com a pandemia do novo coronavírus. Entre o começo do ano e o dia 23 de agosto foram realizadas 70 prisões de suspeitos de dirigir sob a influência de álcool. O aumento é de 9,4% em relação ao mesmo período de 2019, quando 64 pessoas foram presas.

Já o número de multas subiu 10,3% de 194 ocorrências em 2019 para 214 flagrantes em 2020. Só no último domingo, segundo a PRF, foram quatro ocorrências do tipo. Três delas em Araguaína e uma em Guaraí.

A polícia informou que o primeiro flagrante foi durante a manhã, por volta das 7h20, quando a equipe foi chamada para atender um acidente no km 141 da BR-153.No local, foi identificado que o condutor de uma motocicleta, um jovem de 23 anos, tinha consumido bebida. O bafômetro registrou 0,95 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões dele.

O segundo caso foi no km 137 da BR-153, por volta das 16h, quando um homem de 47 anos que conduzia uma motocicleta foi parado durante uma fiscalização. O teste do bafômetro dele registrou 0.45 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

Logo depois, às 16h10, um jovem de 26 anosfoi abordado no mesmo local. Ele confirmou que ingeriu whyski e cerveja antes de conduzir uma motocicleta e o bafômetro registrou 0.46 miligramas de álcool por litro de ar expelido pelos pulmões.

O último caso foi em Guaraí, durante fiscalização no km 335 da BR-153. Por volta das 16h45, a equipe da PRF abordou um carro condizido por um homem de 58 anos. Ao ser realizado o teste, apurou-se o resultado de 0.47 mg/l. Os condutores foram presos e encaminhados para as Delegacias de Polícia Civil de plantão.

As informações são do  G1 Tocantins.