Um corpo foi encontrado no prédio anexo do Centro Administrativo São Sebastião, a principal sede da Prefeitura do Rio.

Inicialmente, as autoridades imaginaram que se tratava de um caso de suicídio, pois a cena do crime contava com uma forca.

Mas, por causa da quantidade de sangue no local e de algumas lesões no cadáver, surgiu a desconfiança de que estivessem diante de um assassinato.

A Delegacia de Homicídios da Capital (DH) foi acionada.