O Governo do Tocantins publicou no Diário Oficial do Estado um termo de aditivo de rerratificação de contrato com o Instituto Saúde e Cidadania, entidade contratada para gerir a unidade hospitalar Covid-19, em Palmas.

O contrato foi firmado em caráter emergencial ainda no mês de julho. O valor do investimento é de R$ 20,6 milhões com prazo de execução de seis meses, R$ 1 milhão a menos que o valor publicado anteriormente.

A entidade fica obrigada a manter o Governo informado sobre a situação dos leitos, as taxas de ocupação e mortalidade e os gastos. O Governo deverá depositar até o dis 5 de cada meês o valor de 70% da parcela de pagamento e o restante pode ser quitado até o dia 20.

A unidade hospitalar entrou em funcionamento no início do mês e possui 10 leitos de UTI e 60 leitos clínicos. O hospital recebe pacientes de todo o Tocantins.