A Reitora da Universidade de Gurupi (UnirG), Sara Falcão de Sousa, e o presidente da Fundação UnirG, Thiago Lopes Benfica, publicaram um comunicado à população de Paraíso do Tocantins informando que a instituição aguarda apenas a manifestação do Conselho Estadual de Educação (CEE) para a deliberação do credenciamento do campus, bem como, a autorização para abertura do curso de medicina na cidade.

Na nota, veiculada pelo portal Atitude Tocantins, os gestores informaram que “desde abril encontra-se com as instalações do campus de Paraíso do Tocantins finalizadas para iniciar o curso de Medicina. Toda a infraestrutura necessária foi concluída”.

A universidade funcionará em Paraíso em um prédio doado pela Prefeitura, que investiu cerca de R$1,5 milhão para reformá-lo. O espaço tem mais de 2.100 m² de área construída e irá abrigar salas de aula, laboratórios, refeitório, além dos departamentos administrativos da UnirG.

Os dirigentes explicam que o funcionamento do novo campus depende somente do CEE. “Neste momento, a Instituição aguarda apenas a manifestação do Conselho Estadual de Educação – CEE para a deliberação do credenciamento do campus, bem como, a autorização para abertura do curso. A visita técnica dos membros ocorreu em maio”.

Em seguida completa: “Sendo assim, a UnirG e a população de Paraíso de Tocantins estão na expectativa e aguardam ansiosamente o posicionamento do Conselho para iniciar, ainda neste semestre, os processos para o andamento das atividades no campus”, diz a nota assinada por Thiago Benfica e Sara Falcão. As informações são da assessoria de comunicação. Foto: Divulgação