A mineradora Vale prevê resgatar ainda nesta segunda-feira (27) todos os 39 trabalhadores que estão presos na mina subterrânea Totten, em Sudbury, Ontário, no Canadá, desde um incidente que ocorreu na tarde de domingo (26), informou a companhia em comunicado à imprensa.

Os funcionários deixarão a mina por meio de um sistema de escada de saída secundária com o apoio da equipe de resgate da Vale, que já alcançou os funcionários e está começando a fazer a subida, segundo a empresa. Eles ficaram presos depois que o transporte de funcionários foi paralisado após um incidente no poço.

 

“Ninguém está ferido, o que é nossa preocupação número um, e os trabalhadores tiveram e continuam tendo acesso a água, alimentos e remédios”, disse a companhia.

 

Imediatamente após o incidente, os funcionários se encaminharam para postos de refúgio, como parte dos procedimentos previstos, segundo a companhia, que destacou estar em comunicação frequente com eles desde o ocorrido.

“Estamos fazendo tudo o que podemos para garantir a segurança desses funcionários e forneceremos novas atualizações assim que estiverem disponíveis”, informou o comunicado.