O governador interino Wanderlei Barbosa (sem partido) ainda não concluiu a reforma do secretariado. Das 22 pastas do primeiro escalão, metade — 11 delas — está ocupada por secretários do governador afastado Mauro Carlesse (PSL), nomes que Wanderlei decidiu manter. Ele colocou seis novos titulares nas pastas e cinco estão indefinidos.

Confira como o novo governo está composto neste momento:

Primeiro escalão do governo Wanderlei Barbosa

Nomeados por Wanderlei

JOSEPH MADEIRA – secretário da Governadoria

DARCI COELHO – secretário extraordinário de Assuntos Parlamentares

CORONEL MÁRCIO ANTÔNIO BARBOSA DE MENDONÇA – Casa Militar

BETO LIMA – secretário da Indústria, Comércio e Serviços

WLADEMIR COSTA MOTA OLIVEIRA – secretário da Segurança Pública

JOSÉ HUMBERTO PEREIRA MUNIZ FILHO – secretário de Parcerias e Investimentos

Remanescente do governo Mauro Carlesse

SENIVAN ALMEIDA DE ARRUDA – Controladoria-Geral do Estado

CORONEL CARLOS EDUARDO DE SOUZA FARIAS – Corpo de Bombeiros Militar

CORONEL JÚLIO MANOEL DA SILVA NETO – Polícia Militar

ELFAS CAVALCANTE LUSTOSA ARAGÃO ELVAS – procurador-geral do Estado

AFONSO PIVA DE SANTANA – secretário da Saúde

BRUNO BARRETO – secretário da Administração

JAIME CAFÉ – secretário da Agricultura, Pecuária e Aquicultura

HEBER LUIS FIDELIS FERNANDES – secretário da Cidadania e Justiça

MIYUKI YASHIDA – secretária do Meio Ambiente e Recursos Hídricos

SERGISLEI MOURA – secretário do Planejamento e Orçamento

JOSÉ MESSIAS DE ARAÚJO – secretário do Trabalho e Desenvolvimento Social

Pastas indefinidas

Secretaria da infraestrutura, cidades e habitação – indefinido

Secretaria da Comunicação – não definido / indicado Alex Câmara

SEBASTIÃO PEREIRA NEUZIN NETO – Casa Civil – (respondendo interinamente)

ADRIANA REIS DE SOUSA – secretária da Educação, Juventude e Esportes (respondendo interinamente)

JAIRO MARIANO – secretário da Fazenda (pode ser substituído por Paulo Antenor de Oliveira)